Carregando...
Sem categoria

Minha cutícula levantou

E
agora? Eu não estou em casa, mas em trânsito, viajando… Não vou pedir um
alicate emprestado porque é um objeto pessoal, tampouco uma tesourinha. Coisa
chata, essa cutícula! Ela começa ardendo, depois ferindo e a dor já começa a se
expandir pelo dedo afora. Cutículas ou pelezinhas soltas se assemelham a levar um
corte numa folha de papel A-4. Xiiiiiiii corte besta, mas como dói. Outra
coisinha que incomoda é uma unha arranhando ou quebrada.





Você
já passou por essa situação? Eu já. E aprendi. 
Aprendi
a colocar na minha bagagem um estojinho de manicure. E vou confessar, também
ando com ele, diariamente, dentro de minha nécessaire.


Existem
alguns estojinhos no comércio, mas nada impede que você componha o seu, com:
Um
alicate
Uma
tesourinha
Uma
lixa
Um
afastador de cutícula
Um
palito de unha
Mesmo
que você não tenha a mania de pintar as unhas a cada três dias, para combinar
com o batom ou roupa, é sempre bom levar na bagagem um esmalte
incolor. Como sou alérgica aos esmaltes, esse é um item que dispenso. Mas, não
dispenso minha toalhinha que acrescentei ao meu kit. Aliás, inclua outros itens
que você não conseguirá viver sem numa viagem, como por exemplo uma pinça.



Outra dica é levar “cotonetes”
e algodão. Mesmo que alguns hotéis ofereçam uns itens de higiene e deixem
dispostos no banheiro, é bom tê-los na bagagem. Porque não é regra geral para
todos os hotéis, assim com sabonete e xampus.

Itens de higiene disponíveis em alguns hotéis


Mesmo
em pequenas viagens, esses cuidados são básicos. Mas, atenção para viagens de
avião: não coloque objetos pontiagudos na bagagem de mão. Eles devem ser
colocados na mala que será despachada. Caso contrário, eles poderão parar no lixo da Infraero, por medida de segurança.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up